Disciplina - História

Augusto Boal e o Teatro do Oprimido - Teatro Arena

Documentário, Brasil, 2011, 62 min., COR. Direção: Zelito Viana.

O filme narra a trajetória do teatrólogo Augusto Boal desde o Teatro de Arena de São Paulo até os dias de hoje. Em paralelo, mostra a evolução do teatro do Oprimido, presente em 72 países desde os anos 70 cuja filosofia é romper a barreira entre ator e público propondo uma ação política libertadora. Augusto acreditava que as artes cênicas funcionam como meio de transformação subjetiva do ser humano e transformação objetiva da sociedade, ponto de partida pro Teatro do Oprimido, onde o espectador adquire voz, movimento, som e cor, e pode exprimir desejos e ideias.

Neste trecho artistas brasileiros falam sobre o Teatro Opinião. Ferreira Gullar e Chico Buarque narram a montagem do show Opinião, como primeiro protesto público contra a Ditadura Civil-militar. Edu Lobo fala da produção do show Arena contra Zumbi, outro espetáculo paradigmático no contexto das artes engajadas dos anos 1960. No fim do trecho, Augusto Boal faz uma reflexão interessante sobre a distinção entre espectador e plateia.

Esse fragmento pode ser trabalhado no conteúdo básico "Movimentos sociais, políticos e culturais e as guerras e revoluções", com o conteúdo específico "Ditadura Civil-militar" enfatizando o papel das artes cênicas no combate ao regime militar.

Idioma: Português

Palavras-chave: Teatro do oprimido. Augusto Boal. 1968. Artes. Cinema nacional.

Duração: 05min10s

  • 8471
  • 1125
Fechar

Campos com (*) são obrigatórios.

fechar

Copie o código abaixo e insira em sua página:


Ou compartilhe através dos sites:

Fechar

Mais Informações